Lula e Dilma precisa despertar para o que está em curso, adaptar formas de luta eficazes – vocês são as referencias da mudança.

dilma-e-lula

Precisamos despertar para o que está em curso, adaptar formas de luta eficazes — decididas nas ruas e não no executivo e no congresso que não nos representa, nem no recanto dos gabinetes ministeriais e da concertação social derrubando governo legitimo e eleito pelo povo.

No centro desta crise da esquerda está a descaracterização dos movimentos, a transformação dos partidos reformistas totalmente integrados no sistema de dominação burguês, as sucessivas derrotas dos pro­cessos revolucionários e a implosão do campo socialista. A recusa da esquerda em abordar esta questão, de se trabalhar para construir uma sociedade de iguais, onde não haja a exploração do trabalho por migalhas; está afastada da quase totalidade daqueles que se diz de esquerda. Hoje, ser de esquerda é serem social democrata e defensor do parlamentarismo e da ordem burguesa.

Sem resolver, poderá haver muita luta, muita agitação, mas nenhuma revolução socialista. O sistema capitalista poderá tropeçar, apodrecer, ir agonizando de crise em crise arrastando milhões de seres humanos para a miséria, a fome, a doença e a guerra.

Para o PT é importante a se dedicar, em vez de reclamar da situação. Não importa que seja o alvo de severas criticas e de ataques infundados, deve permanecer imperturbável e refundar o partido, rumando para o caminho correto. Agindo assim, conquistar o respeito da sociedade e das pessoas aprimorando o comportamento de seus pares e dirigentes com ética no manejo da coisa pública e no campo da politica – sendo pessoas que demonstrem e goze da confiança, do respeito e da estima de todos.

Tornando-se um partido como foi no passado indispensável na condução das pessoas ao auto aprimoramento e a esforçarem para crescerem e concretizarem objetivo tal como, o desenvolvimento social mais igualitário.

É essencial reconquistar a confiança como partido politico de conduta limpa, correta, íntegra, com honra. Um partido com idoneidade moral, honesta, que age sempre de acordo com a moral e os bons costumes; de conduta ilibada, sabendo usar os recursos público ou privada com transparência e critério obrigatório no regimento do partido.

Cultivando a inabalável convicção e esperança em relação ao futuro das esquerdas no continente Sul Americano. Por mais maravilhosa que sejam a filosofia Mark e seus conteúdos, o importante é como a sociedade absorve e avaliam. Isso é de suma importância como aprendizado para as esquerdas deste continente.

O filosofo humanista Dr. Daisako Ikeda Presidente da  Soka Gakkai Internacional (SGI) é uma organização não-governamental (ONG) filiada às Nações Unidas desde 1983 e presente em 192 países e territórios. Tem como objetivo fundamental promover a paz e o respeito pela dignidade humana.

Seus membros desenvolvem amplas atividades nos campos da Paz, Cultura e Educação que incluem exposições, intercâmbios culturais e educativos, bem como ajuda humanitária em nível mundial.

Ele ressalta: “É preciso estar preparado para as adversidades e ter uma fortaleza interior para superar a angustia e a preocupação. É  preciso fazer brilhar na própria vida a ‘luz serena da iluminação’, ou seja uma atitude mental forte para não ser arrastado para derrota; é viver uma existência plena e vitoriosa, transformando de forma elevada”.

É preciso fazer manifesto denunciando o golpe parlamentar  em 2016 com o afastamento da Presidenta Dilma Rousseff e, enviar aos governantes e ex-governantes com os quais manteve relações, durante e depois de seu governo, o ex-presidente Lula denunciou o golpe parlamentar contra a presidenta Dilma Rousseff e a campanha dos golpistas e da mídia brasileira para excluir do processo político, por meios arbitrários, o PT e o próprio Lula.

“As forças conservadoras querem obter por meios escusos aquilo que não conseguiram democraticamente: impedir a continuidade e o avanço do projeto de desenvolvimento e inclusão social liderado pelo PT”, diz o ex-presidente no manifesto.

Em oito anos no governo, Lula teve 168 encontros com chefes de estado e de governo em dezenas de países, recebeu governantes estrangeiros em 232 ocasiões, além de ter participado de 84 reuniões de cúpula multilaterais. Entre 2011 e 2015, Lula participou de 132 encontros com governantes e ex-governantes, mantendo sua intensa agenda de diálogo internacional. Em documento enviado a  governantes e ex-governantes, Lula afirma: “Querem criminalizar os movimentos sociais e, sobretudo, um dos maiores partidos de esquerda democrática da América Latina, que é o PT. Denúncias contra líderes de partidos conservadores são sistematicamente abafadas e arquivadas enquanto acusações semelhantes a qualquer personalidade do PT torna-se de imediato, à revelia do devido processo legal, condenação irrevogável na maior parte dos meios de comunicação.”

“Se a justiça for imparcial, as acusações contra mim jamais prosperarão. O que não posso aceitar são os atos de flagrante ilegalidade e parcialidade praticada contra mim e meus familiares por autoridades policiais e judiciárias. É inadmissível a divulgação na TV de conversas telefônicas sem nenhum conteúdo político, a coação de presos para fazerem denúncias mentirosas contra mim em troca da liberdade, ou a condução forçada, completamente ilegal, ocorrida em março último, para prestar depoimento do qual eu sequer tinha sido notificado.”

“Nada me fará abrir mão, como sabem as lideranças de todo o mundo com as quais trabalhei em harmonia e estreita cooperação – antes, durante e depois dos meus mandatos presidenciais – do compromisso de vida com a construção de um mundo sem guerras, sem fome, com mais prosperidade e justiça para todos.” Fonte: Com informações de agencia e PT na câmara.

Numa acepção mais ampla, significa aquilo que o partido dos trabalhadores plantou e estão colhendo no presente momento e, não resta outro caminho que não seja a refundação das esquerdas aprimorando suas ações e respeitando as diferencias e costumes ideológico.

Presidenta Dilma você e o Lula são realmente pessoas fortes e de profundas convicções de que tem a consciências limpas e de que não cometeram algum tipo de crime no exercito das atribuições que lhes foram atribuída pela sociedade brasileira e internacionais.

Cada dia mais são vangloriado, por não se curvarem perante estes usurpadores, que em nome da honestidade tentam excluírem do contexto politico nacional. Vocês são pessoas das mais alta estima da maioria da sociedade brasileira e internacional, que empenharam e estão na luta para igualar as classes sociais desta nação.

Vocês estão resistindo bravamente perseguições, porque pensa diferente, tornando-os ainda mais fortes e grandiosos, tanto no contexto nacional como internacional; continuam bravamente a lutar com a benevolente características de que são peculiar.

Certamente não deixaram de serem pessoas ou seres humano; ao contrário, estarão cada vez manifestando a vasta condição guerreira pelos ideais de igualdade tomada por uma grande consciência.

O importante, é aprendermos que em tudo podemos encontrar a razão, até mesmo nesta difícil realidade social que o Brasil e outras nações da América do Sul estão passando.

A partir de 2003 a 2015 ingressaram mais de quarenta milhões de pessoas nas classes ‘D’, ‘C’, ‘B’ e até na classe ‘A’, mudando o rumo da sociedade. As diversas mudanças ocorridas neste período atestam de que somos capaz de edificar e construir uma nação mais justa e menos desigual, em uma imponente família chamada Brasil, que irá espalhar seu brilho por toda as Américas . Em vista disso, somos uma grandiosa sociedade ordeira e, com certeza iremos dar continuidade ao empreendimento construído pelo Presidente Lula e pela Presidenta Dilma, construindo alicerces tão fortes quanto rocha. Portanto, é preciso ser cauteloso quanto aos desejos, a qualquer mudança em uma sociedade rentista como a brasileira; é importante continuarmos a luta em defesa da democracia, dos direitos sociais e trabalhistas e, por mais igualdade e justiça, onde cada cidadão possa exercer a cidadania plena.

Estudar o capitalismo, as classes sociais em nosso país e no mundo, elaborar uma políti­ca revolucionária e ligá-la aos movimentos sociais.

A sociedade está mergulhada numa pro­funda e grave crise estrutural. O que ficou foi uma profunda crise eco­nómica, um país com ricos cada vez mais ricos e po­bres cada vez mais pobres, desemprego, trabalho pre­cário, salários baixos, cerceamento das liberdades.

A Direita entrou em pânico com a liderança do nosso eterno Presidente, avante Lula rumo a 2018, pesquisa CNT/MDA divulgada nesta quarta aponta que Lula (PT) e Marina Silva (Rede) disputariam o segundo turno se a eleição fosse hoje. O petista venceria.

Quem acompanha sabe que este fascista travestido de jornalista que em nome da liberdade de expressão ataca partidos com ideal ideológico deferente; e onde os barões da mídia (patrões) que vivem em ostentosos castelos, com suas falsas crenças e sentimentos antes PT. Promovendo o ódio a quem pensa diferente de seu caderno ideológico. Só comparável ao tempo da ditadura civil-militar; onde direitos eram negados e principalmente o direito de expressar livremente.

Os grandes meios de comunicações (mídia) abafam esquemas corruptos mais, quando é PT eles punem pelo infame ‘domínio do fato’; uma farsa política divulgada pela grande mídia golpista através de seus comandados ou melhor pau mandados  e, de caráter partidário e ideológico – aquele refrão que já deixou a sociedade três vezes de joelho perante aos poderosos com pires na mãos.

Lula desponta como o nome mais forte para as eleições presidenciais de 2018, segundo a pesquisa CNT/MDA divulgada na quarta-feira 15. O ex-presidente lidera as intenções de voto no primeiro turno tanto na pesquisa espontânea quanto na estimulada. Nos seis cenários imaginados pela pesquisa para o segundo turno, o petista aparece em três e lidera todas.

A extrema-direita também está bem cotada: o candidato mais lembrado espontaneamente depois de Lula é o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). “Um famoso colunista da Folha de São Paulo, conhecido por seu antipetismo amalucado”. Apesar de ter afirmado que Lula estaria “morto”, agora está dizendo que ele não só está vivo como pode se reeleger presidente – Aliás, o jornal escreve que está desorientado com a disparada de Lula, conforme  Gráfico

foi divulgada na tarde de quarta-feira dia 15, mas só foi aparecer na Folha nesta sexta-feira dia 17, simplesmente porque este colunista divulgou em sua coluna que comunica ao distinto público que, declarado morto por si, anteriormente, Lula “ressuscitou”.

O que espanta é o espanto dessa gente. Há quase três anos que a mídia, a Lava Jato, os partidos de direita, os movimentos antipetistas e uma militância histérica e sem escrúpulos praticam toda sorte de atrocidades com o ex-presidente.

Nas últimas semanas, fascistas chegaram a organizar manifestações para comemorar a agonia da falecida esposa de Lula em seu leito de morte e, pelo lado da Justiça, Sérgio Moro chegou a intimar dona Marisa Letícia a depor na Lava jato no dia de sua missa de sétimo dia. E ainda estão espantados por a população estar enxergando essa campanha infame contra aquele que pesquisas mostram que o Brasil considera o melhor presidente da história.

A Lava Jato, a mídia, os partidos de direita, os movimentos antipetistas e essa militância doentia que ataca Lula sem piedade, sem parar, a toque de golpes baixos vai acabar elegendo-o presidente no primeiro turno, em 2018”.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s